Pipetagem precisa e repetível de líquidos problemáticos

As pipetas funcionando de acordo com o princípio do deslocamento de ar são as habitualmente mais usadas em laboratórios em todo o mundo e altamente exatas para aplicações de pipetagem. Porém, a precisão e a repetibilidade dos resultados de pipetagem podem afetadas trabalhando com líquidos de diferente viscosidade, volatilidade, tensão superficial ou densidade do que as da água. Nesses casos e também quando os líquidos formam espuma, as pipetas de deslocamento positivo facilitam o processo de pipetagem e asseguram resultados exatos. Além disso, as pipetas de deslocamento positivo eliminam o risco de contaminação cruzada e protegem o usuário final e o instrumento contra líquidos perigosos. Em seguida veja como lidar com esses líquidos, mesmo que apenas tenha disponível uma pipeta de deslocamento de ar.

Princípio do deslocamento de ar vs. Princípio de deslocamento positivo

Princípio do deslocamento de ar

As pipetas comuns funcionam de acordo com o princípio do deslocamento de ar.
Uma camada de ar separa o pistão do líquido. A camada de ar expande ou retrai quando muda a umidade ou a temperatura. Isso influencia o volume de líquido pipetado. As pipetas de deslocamento de ar da Eppendorf (Research plus®, Reference®2, Xplorer® e epMotion®) possuem camadas de ar especialmente pequenas para reduzir o risco de erro. Além disso, elas permitem a possibilidade de reajuste fácil para líquidos especiais com um ajuste de usuário separado. Retornar ao ajuste do fabricante é possível em menos de um minuto.

Princípio do deslocamento positivo

Em sistemas de pipetagem funcionando de acordo com o princípio de deslocamento positivo, o pistão da  ponteira está em contato direto com o líquido sem uma camada de ar. A contaminação da pipeta é evitada. A Eppendorf oferece este princípio na  Multipette® (América do Norte: Repeater®), Biomaster®, Varipette® (América do Norte: Maxipettor®).

Baixar Poster

 

 

Viscosidade

Click to enlarge
  • Problema: os líquidos viscosos têm uma alta resistência ao fluxo (por ex. glicerol).
  • Observação: tempo desconhecido até o líquido subir totalmente para a ponteira, resíduos de líquido permanecem na parede da ponteira.
  • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: trabalhar lentamente, pipetagem reversa
  • Recomendação para deslocamento positivo: lábio de vedação do pistão limpa a ponteira

Application Note 386

Application Note 211

Vídeo

Densidade

Click to enlarge
    • Problema: a densidade do líquido influencia a dimensão da camada de ar (por ex. etanol).
    • Observação: é pipetado volume demasiado alto/baixo.
    • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: ajustar a pipeta ao líquido (se transforma em pipeta de volume fixo para volume ajustado).
    • Recomendação para deslocamento positivo: não existe camada de ar, logo não existe problema.

    Application Note 242

    User Adjustement: Reference 2

    User Adjustement: Research Plus

    Vídeo

    Pressão de vapor

    Click to enlarge
      • Problema: os líquidos com alta pressão de vapor forçam a expansão da camada de ar (por ex. acetona).
      • Observação: a pipeta pinga.
      • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: pré-molhar pelo menos 5 vezes, pipetagem reversa (melhor exatidão, mas continua pingando).
      • Recomendação para deslocamento positivo: não existe camada de ar, logo não existe problema.

      Vídeo

      Perigosos

      Click to enlarge
        • Problema: aerossóis podem contaminar a pipeta.
        • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: usar ponteiras com filtro de alta eficiência (por ex. ep  Dualfilter T.I.P.S.®).
        • Recomendação para deslocamento positivo: os líquidos são fechados em segurança na ponteira do dispensador devido ao lábio de vedação do pistão.

        Application Note 327

        Vídeo

        Contendo detergentes

        Click to enlarge
          • Problema: os detergentes baixam a tensão superficial da água. Permanecem resíduos de líquido na ponteira.
          • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: usar ponteiras com baixo efeito de retenção (por ex. epT.I.P.S.® LoRetention).
          • Recomendação para deslocamento positivo: lábio de vedação do pistão limpa a ponteira.

          Applicatipon Note 218

          Application Note 192

          Vídeo

          Espumosos

          Click to enlarge
          • Problema: o líquido forma espuma quando movido. É difícil pipetar a amostra com exatidão.
          • Prevenção com pipeta de deslocamento de ar: pipetagem reversa.
          • Recomendação para deslocamento positivo: o curso reverso e residual deixa espaço para a formação de espuma, o lábio de vedação do pistão limpa a ponteira.